sexta-feira, 3 de setembro de 2010

PSICOLOGIA DO ESPORTE APLICADA - Google Livros

PSICOLOGIA DO ESPORTE APLICADA - Google Livros: "– Enviado usando a Barra de Ferramentas Google" É bem verdade que, no passado - em específico, quando o ultramaratonista Fernando Pangaré deu seus primeiros passos na Corrida de Rua; aí se vão trinta anos... -, a preocupação com os aspectos psicológicos da performance desportiva era pouco constante. Contrariamente, nos dias atuais, tem crescido a preocupação dos sujeitos do desporto nacional em relação à Psicologia do Esporte. Lamentavelmente, na Corrida de Rua tal preocupação ainda não recebeu a devida atenção. Casos e mais casos de corredores de rua talentosos enfrentando problemas emocionais em decorrência de tribulações conectadas à sua performance desportiva vê-se. Quando Pangaré esteve presente no Ginásio Célio de Barros, no RJ, em 1983, em sua primeira tentativa de formalização da prática desportiva da Corrida de Rua a Psicologia do Esporte sequer sonhava em estar na 'ordem do dia'. Assim, não seria com pouca felicidade que o carioca viria a receber a notícia do trabalho realizado pela psicóloga Kátia Rúbio na Federação de Atletismo do Rio de Janeiro (FARJ). É vital não se olvidar de que o atletismo tem seu berço nas camadas mais humildes da nossa sociedade, o que, de certo modo, seria uma garantia de grandes possibilidades de que o atleta dalí surgido pudesse trazer em si ranhuras psicológicas concernentes à lares/famílias/vivências/experiências desestabilizadas e/ou desestruturadas sócio-afetivo-emocionalmente.
Postar um comentário

PANGA's SEND!