terça-feira, 16 de novembro de 2010

Pangaré faz 3:34:04 em Recife.

Já está de volta a Fortaleza o ultramaratonista Fernando Pangaré, que, na manhã de ontem, na capital pernambucana, o 37º lugar, com o tempo de 3:34:04 na I Maratona Internacional Maurício de Nassau, que contou com aproximadamente 1500 participantes.
" Grande resultado! Fiquei a apenas 75 segundos da minha melhor maratona nesse ano: São Paulo/maio - comemorou 'Panga'
A prova, no masculino, foi vencida por Franck Caldeira, com 2:21:34, enquanto, no feminino, com 2:43:47, coube à Marily dos Santos o lugar mais alto do pódio. Ambos, pela vitória, receberam R$ 30.000,00.
Destaque, no pódio masculino ontem em Recife, para a cidade de Garanhuns, que colocou, nos quarto e quinto lugares, Jair José da Silva e Marcos Antônio Pereira.
O queniano Jacob Kendagor foi o quinto homem a cruzar a linha de chegada, enquanto sua compatriota, Jacqueline Chebor, sagrou-se vice-campeã.
Junto à maratona, aconteceram uma meia maratona, vencida por Alan Bizerra e Mirian Silva, e um 10 kms, que teve, como ponteiros, Gilmar Silva e Sandra da Silva.
Ontem, Recife representou a vigésima inserção competitiva de Pangaré em 2010, fato que chama a atenção, uma vez que se trata de um ano de nula conquista/adesão de novos apoiadores, adicionada à suspensão, em agosto, por parte da Construtora Marquise, da parceria que resistia de pé desde 2006, suspensão essa agravada pela opção ininteligível e injustificável da construtora de não honrar os oito meses de 2010 em que a parceria esteve vigente (janeiro/agosto).
" Enquanto o cão ladra, a banda passa! Quem poderia imaginar que uma construtora altamente próspera fosse se prestar a um papel como esse, ou seja: sujar-se por R$ 750,00, 3/4 do valor anual de R$ 1.000,00, que deveriam chegar às minhas mãos divididos em quatro parcelas trimestrais, como, aliás, vinha ocorrendo desde 2008 ! A covardia e o apequenamento da empresa agudizaram mais à medida que verificamos que eu fui com ela super-camarada, correndo, entre janeiro e agosto, treze competições, de graça, 'fiado', sem ver sequer a cor de meio centavo seu! Que outro atleta que não fosse o ultramaratonista Fernando Pangaré faria isso com qualquer apoiador e/ou patrocinador?! - questiona, exclamando - sem um milímetro sequer de rabo preso tanto com o Capital Privado quanto com o Poder Público no Ceará -, o professor do CEJA Prof. Milton Cunha.

Tal fato apenas denota, ilustra e confirma que Deus tem mesmo obrado milagres na vida desse carioca da Tijuca, cujos os pés viram, pela primeira vez, uma pista de atletismo em 1980, na Vila Militar, no bairro de Deodoro. Na oportunidade, ele correu - porém não completou - uma prova de 1.500 ms rasos.

DSC05604
'Panga', antes da largada, no Marco Zero. Outras fotos da prova, clique aqui.
Divulgou-se que a edição 2011 da Maratona Internacional Maurício de Nassau acontecerá em agosto, a fim de que se tente amenizar o calor enfrentado ontem, bem como, evite-se o choque com a Maratona de Curitiba, que acontece no próximo domingo.

Resultados completos da maratona masculina: clique aqui. Da feminina, clique aqui.
Postar um comentário

PANGA's SEND!